• ROGÉRIO TORRES NUNES

As câmeras são a próxima tendência no rastreamento dos participantes dos eventos ?



Descubra porque um dos maiores centros de convenções nos EUA estão oferecendo agora pequenas câmeras para monitorar o comportamento do participante do evento em tempo real.

O monitoramento dos participantes de um evento fornece informações úteis para expositores e organizadores para que possam entender melhor os interesses dos seus visitantes, padrões de tráfego, momentos produtivos, e oportunidades perdidas. O monitoramento pode ser feito de várias maneiras, desde a leitura dos antigos códigos de barras, até os sistemas mais modernos que utilizam R.F.I.D., N.F.C ou Beacons Bluetooth de baixo consumo de energia. Agora o Jacob K. Javits Convention Center está oferecendo outra opção: pequenas câmeras instaladas nos estandes e ao redos do pavilhão de exposição que permitem aos expositores e organizadores observar o comportamento dos participantes.

“Implementamos um novo sistema de câmeras em todo edifício, inicialmente com a finalidade de monitoramento de segurança, e quando discutimos as possíveis utilizações do sistema, chegamos à idéia que permitiria aos nossos expositores monitorar e entender melhor o tráfego em seu estande”, disse Alan Steel, presidente e CEO do New York Convention Center Operating Corporation.

As câmeras de alta definição são instaladas e mantidas pela equipe do Javits Center. A pessoa ou empresa que aluga a câmera pode ver o vídeo em tempo real, e por até duas semanas após o evento através de um aplicativo móvel.

"É uma oportunidade para voltar e ver o que aconteceu quando eles estavam muito ocupado, quantas pessoas querem o serviço ? , quantas pessoas não foram atendidas e saíram ? Agora que a informação está disponível é uma oportunidade para aprender como funcionou o estande, como foi o padrão de tráfego, e subsidiar de informação para qualquer coisa que você pode precisar ajustar ", disse Steel.

Um dos primeiros eventos que usou as câmeras foi o Salão do Automóvel Internacional de Nova York. Steel disse que os funcionários montaram as câmeras na área de credenciamento para avaliar o tráfego de demanda.

A câmera custa a partir de R$ 1.300 e inclui 14 dias de armazenagem de vídeo em núvem.

Fonte: Bizbash


8 visualizações